Conceito Básicos Diabetes tipo 1 Diabetes tipo 2 Hemoglobina A1c SAÚDE

DIABETES E SAÚDE: O QUE É HEMOGLOBINA GLICADA (HbA1c)?

exames diabetes
DiabeTV Brasil
Escrito por DiabeTV Brasil

Manter os níveis de glicose no sangue dentro de uma faixa normal é um objetivo fundamental da terapia para que as pessoas que têm diabetes evitem complicações associadas à doença e ao seu tratamento. Os testes de laboratório são parte de uma rotina terapêutica integral para essas pessoas, pois fornecem à equipe médica informações valiosas para monitorar a resposta ao tratamento e assim, fazer os ajustes apropriados, não só nos medicamentos, mas também na alimentação e programa de atividade física.

Há quatro exames laboratoriais básicos que devem ser feitos como rotina:

• Teste de Hemoglobina Glicada (Hb A1c);

• Perfil de Lipídios no sangue, colesterol total e triglicérides;

• Teste da creatinina no sangue;

• Determinação de proteínas na urina;

Todos estes testes são bastante simples, mas de grande valor para evitar as possíveis consequências crônicas do diabetes e ajudar a formular um plano de tratamento personalizado. Neste post falaremos sobre o Teste de Hemoglobina Glicada, também conhecido como hemoglobina A1c, HbA1c, A1C, ou Hb1c. Esperamos que você saiba seu significado, importância e implicações para controlar seu diabetes.

Hemoglobina Glicada: O que é?

Por definição, diabetes ocorre porque existe um excesso de glicose no sangue. Quando isso acontece, as moléculas de glicose podem ligar-se a sítios específicos da estrutura da hemoglobina dos glóbulos vermelhos do sangue (RBC), e formar hemoglobina glicada (HbA1c). Tal união é estável e quanto mais glicose estiver disponível para reagir com a hemoglobina, maior será a quantidade de hemoglobina glicada. Considerando-se que a vida útil média dos glóbulos vermelhos é de 120 dias, e esta reação que forma a HbA1c é irreversível, o acúmulo de HbA1c nessas células é proporcional à concentração média de glicose no sangue ao longo dos últimos dois ou três meses. Este é o princípio básico que sustenta a utilização clínica da deste teste de forma previsível. Determinar a HbA1c permite que o seu médico avalie a eficácia do tratamento, monitorando os níveis de glicose no sangue a longo prazo. Altas quantidades de HbA1c indica que o controle do açúcar no sangue durante os últimos dois ou três meses não foi o ideal, e sugere ao seu médico que é hora de fazer mudanças em seu tratamento e em seu estilo de vida. O monitoramento de HbA1c é muito útil para avaliar o aumento do risco de complicações vasculares do diabetes a longo prazo, como doenças coronárias, ataque cardíaco, AVC, insuficiência cardíaca, insuficiência renal, cegueira, disfunção erétil, neuropatia, gangrena e distúrbios gastrointestinais. Um controle glicêmico inadequado também aumenta o risco de complicações de cirurgia a curto prazo, como má cicatrização de feridas ou até mesmo amputações de membros.

Em resumo, temos que ter em mente os seguintes conceitos fundamentais sobre o Teste de Hemoglobina Glicada (HbA1c):

1. O teste de HbA1c permite uma avaliação dos níveis médios de glicose no sangue durante os últimos dois ou três meses, enquanto que testes capilares e de jejum determinam o açúcar no sangue em um momento específico.

2. O resultado do Teste HbA1c é um indicador confiável da eficácia do tratamento para manter os níveis de glicose no sangue sob controle. Também ajuda os médicos a manter um acompanhamento eficaz do plano terapêutico em curso e fazer ajustes nos regimes alimentares e de exercícios, se necessário.

3. Monitorar os níveis de HbA1c é uma valiosa ferramenta para prever o aumento do risco de complicações crônicas do diabetes resultantes de um mau controle dos níveis de glicose no sangue a longo prazo.

Medindo e Interpretando o Teste de Hemoglobina Glicada

As amostras de sangue são rápida e facilmente retiradas da veia do braço e enviadas para o laboratório. Os resultados são expressos como um valor de percentagem e, embora os resultados de laboratório possam ser diferentes, dependendo da técnica analítica utilizada, a idade do sujeito, e a variação entre indivíduos, os dados podem ser classificadas como se segue:

• Pessoas sem diabetes, faixa normal para o teste de HbA1c entre 4% e 6%.

• A meta para as pessoas com diabetes é uma HbA1c inferior a 7%.

• Valores de HbA1c acima de 7 % são uma clara indicação de diabetes, e você deve consultar o seu médico imediatamente para fazer mudanças em seu tratamento, estilo de vida e prática de atividade física.

Quando visitar seu médico, certifique-se de discutir com ele e chegar a um acordo sobre o melhor tratamento e tente aprender a interpretar os seus valores de HbA1c.

Finalmente, com qual frequência devo medir minha HbA1c?

A Associação Americana de Diabetes recomenda que os níveis de HbA1c sejam medidos pelo menos duas vezes por ano em diabéticos com bom controle de açúcar no sangue em resposta a ajustes na dieta e exercício; e de três em três meses para aqueles que não estão alcançando os objetivos glicêmicos estabelecidos por seu médico. Esta medição não é indicada quando tenha havido alguma mudança no tratamento, medicação ou alimentação dentro de 6 semanas. Neste caso, é recomendado que espere um tempo para fazer o teste.

Lembre-se da premissa: “Conhecimento é poder.” Quanto mais você aprende sobre o diabetes, mais você saberá como mantê-lo sob controle. Seu bem-estar é de sua responsabilidade e está em suas mãos!

comments

Sobre o autor

DiabeTV Brasil

DiabeTV Brasil

2 Comentários

    • Olá Antonio.
      Infelizmente, não sei te dizer se existe esta possibilidade. Acredito que pelo diabetes em si, não. Algumas pessoas vivem com diabetes normalmente, entanto que muitas nem sabem que tem a doença. Mas talvez seja possível pedir aposentadoria devido às suas complicações, dependendo de como está sua saúde.
      Você já tentou saber algo?
      Obrigada pelo contato.
      Abraços!!!

Adiciona um comentário