Conceito Básicos Conceitos Básicos Controle do Peso Controle do Peso EMOÇÕES NUTRIÇÃO SAÚDE

VOCÊ ESTÁ SEM CONTROLE AO SE ALIMENTAR?

voce esta sem controle para comer
Dra. Maritza Bendayan

Quando uma pessoa sente que seus hábitos alimentares estão sem controle, é porque na verdade, suas emoções é que podem estar descontroladas.

Todas as emoções são válidas, mas às vezes você pode não querer sentir mais determinado sentimento, então, você o ignora ou reprime.

Quanto mais você fizer isso, provavelmente, mais você buscará a comida como uma distração temporária, e a tendência é que sua alimentação fique sem controle. Atitude que só irá dificultar que você chegue à raiz do problema.

Comer dessa maneira se torna uma experiência mecânica, e a pessoa pode comer mais e mais sem sentir-se satisfeito, porque não é a fome física que ela está sentindo, mas uma fome emocional.

O medo de não ter controle sobre as situações da vida, pode ser uma sensação paralisante. Na vida, os sentimentos de raiva, felicidade, culpa, decepção e amor são todas emoções naturais.

Antes de comer mais, pergunte a si mesmo: Eu estou com fome ou estou sentindo raiva, medo ou ansiedade?

Conscientize-se de suas emoções. Aceite seus sentimentos.

Pense que todas as emoções podem fornecer um melhor senso de quem você é e do que você quer na vida, se essas forem usadas de uma forma positiva.

Prestar atenção às nossas próprias emoções nos dá informações importantes sobre nós mesmos, e nos ajuda a descobrir como controlá-las da melhor maneira.

Prevenir e reprimir as emoções tem um alto custo para sua saúde física. De acordo com uma pesquisa realizada nas universidades de Michigan e Adelphi, pessoas que ao longo dos anos afirmavam ser emocionalmente saudáveis, sendo evidente que não eram, mostraram uma aceleração do coração e pressão arterial mais elevada do que aqueles que admitiram ter dificuldades emocionais.

Emoções existem para serem expressas e sentidas.

Nós convidamos você a perder ou manter o peso emocional e/ou físico, simplesmente expressando suas emoções.

Podemos redirecionar a energia emocional para uma maneira mais saudável de lidar com as situações, aprendendo condutas de autorrealização e não de comportamentos autoprivativos.

comments

Sobre o autor

Dra. Maritza Bendayan

Dra. Maritza Bendayan

Ela é psicóloga clínica, com especialização em psicoterapia cognitivo-comportamental. Possui mais de 30 anos de experiência fazendo parte de equipes multidisciplinares para o gerenciamento de Conduta, Desenvolvimento e Neurociência Infantil; Endocrino-pediatría, controle do Diabetes e Obesidade.

2 Comentários

Adiciona um comentário