Diabetes Gestacional SAÚDE

CONTROLE E TRATAMENTO DO DIABETES GESTACIONAL

diabetes na gravidez
Dr. César Giral
Escrito por Dr. César Giral

Qual é o tratamento para o diabetes gestacional?

Fazer uma dieta saudável e manter-se ativa são duas das medidas mais importantes para controlar o açúcar no sangue e tratar o diabetes gestacional. Exercício físico e alimentação controlada são suficientes para lidar com a maioria dos casos. Porém, para algumas mulheres grávidas também poderá ser necessária aplicação de insulina ou comprimidos para controlar o açúcar no sangue (hipoglicemia oral).

Essas drogas têm o efeito de diminuir o açúcar no sangue. Até agora, pesquisas médicas mostram que estas podem ser usadas durante a gravidez, com segurança tanto para a mãe quanto para o bebê. O médico que acompanha a gravidez é a pessoa mais indicada para recomendar qualquer tipo de medicação, o início de qualquer tratamento e/ou orientar verificações posteriores.

Manter-se ativa

Uma ótima opção é a realização de atividades simples, como caminhar 30 minutos por dia (que pode ser dividido em dois períodos de 15 minutos). Você pode começar com um plano simples de apenas 5 minutos a cada dia, até que você alcance 30 minutos diários. Outra excelente alternativa é a natação. A atividade não deve ser difícil, basta tomar uma decisão e sair se movendo de forma divertida e descontraída, escutando música enquanto caminha na companhia de um (a) amigo (a), por exemplo. Converse com seu médico para preparar um plano de exercícios simples que funcione para você de acordo com seu estilo de vida e estado de saúde.

Plano de Alimentação

Todas as mulheres com diabetes gestacional precisam seguir um plano de alimentação especial. É importante dizer que não existe uma dieta específica para diabetes, trata-se de uma alimentação saudável com base nos elementos nutricionais que são incluídos em uma dieta balanceada, que irá beneficiar tanto a mamãe quanto o desenvolvimento do bebê.

Na elaboração deste plano de nutrição, deve-se levar em conta seu gosto pessoal. Caso contrário, a dieta vai ficar muito chata e difícil de seguir, quando o objetivo é apreciar a comida e aproveitar todos seus benefícios.

O plano é baseado em regras simples, incluindo as recomendações a seguir:

– Controlar o tamanho das porções.

– Ingerir carboidratos através de alimentos como frutas, legumes e carboidratos complexos (como pão integral, cereal, macarrão integral e arroz integral). Você deve evitar o açúcar refinado.

– Moderar em Gorduras e Proteínas. Limite calorias provenientes de gordura em 30% ou menos por dia. Considere laticínios de baixo teor de gordura (iogurte, leite) e carnes magras.

Controle de Peso

Também é importante controlar o ganho de peso durante a gravidez. O seu médico irá definir qual será o aumento máximo de peso corporal de acordo com a fase da gravidez que você se encontre. Isso irá ajudá-la a tomar as medidas corretas para manter-se no peso ideal.

Uso de insulina e outros medicamentos

Todas as medidas tomadas para controlar o diabetes gestacional têm um propósito muito claro: controlar os níveis de açúcar no sangue e se certificar de que o bebê esteja saudável. Quando estas medidas não são suficientes, você pode precisar de insulina e/ou comprimidos para controlar a glicemia (hipoglicemiantes orais, comumente utilizados no tratamento da diabetes tipo 2).

A monitoração dos níveis de glicose no sangue é fundamental, mesmo que a mulher grávida esteja usando insulina ou pílulas. É possível que se apresentem níveis muito baixos de açúcar no sangue ou hipoglicemia. Os sintomas podem incluir tontura, sudorese, confusão, fome e fraqueza. É muito importante que, se a insulina ou medicação oral forem indicadas, a gestante e sua família saibam como identificar os sintomas e aprender a lidar com eles.

Cuidados com o bebê

O médico deve examinar cuidadosamente tanto a mãe quanto o feto durante toda a gestação. Dentro dos controles do pré-natal, está o monitoramento fetal, em que se verifica o tamanho, desenvolvimento e a saúde do feto. Geralmente exames médicos de rotina são suficientes, e não são necessários exames especiais, a menos que algo de anormal aconteça.

comments

Sobre o autor

Dr. César Giral

Dr. César Giral

Cirurgião Oftalmologista, Defensor do Diabetes, Executivo de New Mídia e Entusiasta em Mídia Social. Como cirurgião profissional por mais de 20 anos, Cesar escreve seus artigos com um olho clínico e nos fornece informação profissional e atualizada sobre o diabetes.

Adiciona um comentário