Conceito Básicos Conceitos Básicos Controle do Peso Controle do Peso Diabetes tipo 2 DICAS NUTRIÇÃO SAÚDE Sistema Digestivo

DIABETES E CÂNCER: PREVENÇÃO ATRAVÉS DA NUTRIÇÃO

alimentacao prevencao do cancer e diabetes
Dr. César Giral
Escrito por Dr. César Giral

Como na maioria das coisas na vida, existem fatores que não podemos controlar, bem como existem fatores que são dependentes ou impactadas por nossas decisões. A soma total desses fatores e as ações correspondentes que tomamos, determinam se atingimos ou não todos os nossos objetivos. A boa saúde pode ser um desses objetivos, se você, conscientemente, decidir torná-lo uma prioridade. A melhor maneira de aprender a controlar e modificar aquilo que depende de nós, e gerenciar o que não depende, é através da informação e educação. Procurar saber informações, composição e benefícios dos alimentos que comemos é essencial para a nossa qualidade de vida.

Câncer e diabetes tipo II são doenças comuns, que têm grande impacto nas populações em todo o mundo. Ambas as doenças compartilham fatores de risco, incluindo a obesidade e excesso de peso, sedentarismo, tipo de dieta, tabagismo e consumo de álcool.

A prevenção de ambas (diabetes tipo II e diversas formas comuns de câncer) é possível e tem sido cientificamente comprovada em centenas de estudos clínicos. Sabe-se, por exemplo, que um indivíduo com excesso de peso, que tem um elevado risco de desenvolvimento de diabetes, pode retardar o aparecimento da doença ou mesmo impedi-la por completo apenas pela perda de peso. No caso do câncer, o American Institute for Cancer Research e o World Cancer Research Fund estimam que 30 a 40% de todos os cânceres poderiam ser evitados com uma dieta adequada, atividade física regular e mantendo um peso saudável.

Os principais fatores que podem levar ao aumento do risco do desenvolvimento de câncer ou diabetes tipo II são: 1) Obesidade, 2) Alimentos que são pobres em nutrientes saudáveis, como aqueles que contêm açúcar refinado ou produtos com farinha, muito processados e que alteram o metabolismo do açúcar (e leva ao diabetes), 3) Baixo consumo de fibras, 4) Consumo excessivo de carne vermelha, e 5) Desequilíbrio na ingestão dos ácidos graxos ômega 3 e ômega 6.

Tornar-se educado e bem informado sobre as propriedades nutricionais dos alimentos é algo que cada um de nós pode fazer de forma proativa em nossa rotina diária. Desta maneira, teremos uma ideia geral sobre quais os alimentos são realmente benéficos para a nossa saúde e poderemos aprender a comer o que nos beneficiará. Dentro dessa “dieta ideal” devemos incluir:

a – Porções abundantes de frutas e legumes. A maioria dos estudos publicados nos últimos anos sugere que devemos consumir de 4 a 8 porções de frutas e vegetais por dia. Existem alimentos deste tipo que nos beneficiam grandemente e que são muito acessíveis e fáceis tanto de comprar quanto de preparar. Estes incluem sementes de linhaça, sementes de chia, brócolis, couve-flor e couve de Bruxelas – todos ricos em fibras, ômega 3 e substâncias protetoras antioxidantes, comprovadamente aliados eficazes na prevenção de câncer e diabetes. Então, claramente, não há desculpas para se esquivar das frutas e legumes: há muitas opções maravilhosas, saborosas e nutritivas!

b – Alimentos ricos em selênio, ácido fólico, vitamina B 12, vitamina D, clorofila e carotenóides (antioxidantes). Todas estas substâncias são abundantes em frutas e legumes.

c – Uso de probióticos, microorganismos vivos que são adicionados aos alimentos e tem efeitos benéficos para a saúde de quem os consome. Eles são comumente adicionados a produtos lácteos, como iogurte, ou ainda melhor, podem ser tomados em forma de cápsulas.

Uma dieta que inclua os três grupos acima mencionados pode conduzir a uma diminuição de 60-70 % nos casos de câncer de mama, cólon e próstata, uma redução de 40-50 % nos casos de câncer de pulmão, bem como alguns outros tipos, de acordo com um artigo do Nutririon Journal, em 2004. Mais de 70 % dos casos de diabetes tipo II, também poderiam ser evitados. E esses dados continuam sendo verdadeiros até hoje!

É importante entender que nenhum nutriente sozinho pode proteger, prevenir ou curar câncer ou diabetes. Temos de olhar para um quadro completo, onde uma combinação de vários elementos nutricionais trabalha em conjunto para otimizar a nossa saúde, aumentando o potencial para uma excelente qualidade de vida, livre de câncer e diabetes.

Além disso, embora haja diretrizes definidas para o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis, não há uma dieta universal para todos. Cada um de nós tem necessidades individuais e se aprendermos os valores nutricionais básicos, cada um de nós poderá definir um regime alimentar ou dieta que seja adaptado exclusivamente para os nossos gostos, exigências e necessidades. Como parte deste processo, devemos procurar a opinião de um nutricionista, que poderá ajudar-nos a alcançar mais facilmente os melhores resultados.

A nossa “alimentação” é um desses fatores em nossas vidas sobre os quais podemos definitivamente ter controle através de conhecimento e informação sobre nutrição. Vá em frente e entre nessa: desenvolva seu próprio regime nutricional hoje mesmo!

comments

Sobre o autor

Dr. César Giral

Dr. César Giral

Cirurgião Oftalmologista, Defensor do Diabetes, Executivo de New Mídia e Entusiasta em Mídia Social. Como cirurgião profissional por mais de 20 anos, Cesar escreve seus artigos com um olho clínico e nos fornece informação profissional e atualizada sobre o diabetes.

1 comentário

Adiciona um comentário