Carboidratos Controle do Peso Controle do Peso Diabetes tipo 1 Diabetes tipo 2 Fibras Minerais Nefropatia NUTRIÇÃO Proteínas SAÚDE Saúde Cardiovascular Vegetais Vitaminas

COUVE DE BRUXELAS E SEUS BENEFÍCIOS

nutricao e couve de bruxelas
DiabeTV Brasil
Escrito por DiabeTV Brasil

Quando se trata de escolhas alimentares pessoais, não existe um único alimento “milagroso” que se possa comer e esperar que este forneça todos os benefícios que necessitamos para nossa saúde. Há, no entanto, alguns itens que são tão ricos em valor nutricional, que devemos tentar incluí-los como parte de nossa dieta sempre que possível. Legumes que pertencem à família das crucíferas se enquadram nesta categoria, como foi observado em pesquisas recentes por sua capacidade de combater a artrite reumatóide, prevenir o câncer, melhorar a saúde cardiovascular e pausar o desenvolvimento do diabetes tipo 2. Neste post, vamos nos concentrar em um dos vegetais desta família: a Couve de Bruxelas.

Os cientistas têm observado que inflamações internas desempenham um papel crucial no desenvolvimento do diabetes tipo 2. Especificamente, isso torna os indivíduos cada vez mais resistentes à insulina, assim, acelerando a velocidade com que se tornam diabéticos. Foram observadas propriedades anti-inflamatórias nos vegetais crucíferos, e por isso são potentes na prevenção do desenvolvimento do diabetes tipo 2. Em particular, a Couve de Bruxelas tem destaque nesse sentido, porque é uma fonte extremamente rica em vitamina K e ômega-3. Pesquisadores observaram ambas as substâncias e concluíram que são altamente eficazes na redução de inflamações no interior do corpo. Talvez a melhor coisa seja que não precisamos consumir grandes quantidades de Couve de Bruxelas, a fim de obter esses nutrientes. Estima-se que apenas um copo deste vegetal nos fornece 190% da nossa dose diária recomendada de vitamina K.

A Couve de Bruxelas é conhecida como um dos melhores alimentos que uma pessoa pode consumir para melhorar sua saúde cardiovascular. Isto se comprova devido ao fato de que beneficia o coração de várias maneiras, tornando-o um vegetal muito versátil. Como foi observado anteriormente, a Couve de Bruxelas está repleta de propriedades anti-inflamatórias. Em particular, contém um tipo de glucosinolato (substância vegetal produzida naturalmente) conhecido como glucoraphanin, o qual tem um importante papel em ajudar o corpo na redução da inflamação cardiovascular. Isto é determinante para garantir que uma pessoa mantenha seu coração saudável, uma vez que a inflamação tem um efeito prejudicial sobre os vasos sanguíneos. Mas a Couve de Bruxelas também pode melhorar a saúde cardiovascular de outras maneiras. Seu alto teor de fibras, por exemplo, faz com que seja eficaz na redução e controle de seus níveis de colesterol.

Diversas pesquisas têm estudado os efeitos preventivos de vegetais crucíferos em relação a uma variedade de tipos de câncer. O que os cientistas descobriram é que esses vegetais fornecem nutrientes essenciais para várias estruturas corporais que estão ligados ao desenvolvimento de câncer. Especialmente os sistemas de desintoxicação, antioxidante e inflamatório dentro dos nossos corpos, devem ser mantidos em bom funcionamento para evitar o desenvolvimento de doenças graves e enfermidades. A Couve de Bruxelas, junto com outros vegetais crucíferos fornecem suporte nutricional necessário para todas estas estruturas, assegurando que permaneçam saudáveis.

Mesmo a couve de Bruxelas sendo um dos vegetais mais benéficos na família das crucíferas, deve-se ter muito cuidado na hora de prepará-la, ou pode-se correr o risco de perder todo o seu valor nutricional. Isso significa que há poucas maneiras saudáveis e eficazes de prepará-la. A mais óbvia é consumir o vegetal cru, talvez com um pouco de azeite e sal para realçar seu sabor. Também pode ser cozida no vapor, sem correr o risco de perder suas propriedades nutricionais saudáveis. Podem-se refogar as couves de Bruxelas em uma mistura com outros alimentos, mas é importante saber que cozinhá-los desta forma por mais de cinco minutos, tira-lhes todo o valor nutritivo.

Baixe grátis nosso ebook sobre as crucíferas aquí

comments

Sobre o autor

DiabeTV Brasil

DiabeTV Brasil

Adiciona um comentário