Carboidratos Controle do Peso Controle do Peso Diabetes tipo 1 Diabetes tipo 2 Fibras Minerais NUTRIÇÃO SAÚDE Saúde Cardiovascular Vitaminas

FRUTAS E DIABETES: AS CEREJAS

beneficios cereja saude
DiabeTV Brasil
Escrito por DiabeTV Brasil

A maioria dos das pessoas imagina que quem tem diabetes deve ficar longe das frutas doces, porém, o teor de açúcar natural da cereja pode realmente ajudar a manter os níveis de glicose no sangue saudáveis ​​e é altamente recomendado pela maioria dos especialistas. As duas variedades de cerejas mais cultivadas são as doces, de polpa macia e suculenta que costumam ser consumidas in natura; e as ginjas ou ácidas, de polpa mais firme, que são usadas na fabricação de conservas e bebidas licorosas. O fruto é originário de uma extensa gama de continentes que incluem a maior parte da Europa, partes da Ásia e África. A cereja é amplamente considerada como uma deliciosa fonte de nutrientes que beneficiam muito o corpo.

Ambas as variedades são semelhantes no conteúdo nutricional, com algumas diferenças entre elas. As frutas são de baixas calorias (74 cal em 1 xic.) e têm um índice glicêmico (IG) de 22, o que é relativamente baixo quando comparado com outras frutas doces. Pesquisadores da Universidade de Michigan fizeram experimentos em ratos e descobriram que as cerejas ajudam a reduzir o acúmulo de gordura na barriga, fator que é comumente associado com o diabetes tipo 2 e doença cardiovascular. Outro benefício incrível, a partir do mesmo estudo, mostrou que incluir cerejas na alimentação pode ajudar a reduzir o colesterol e triglicérides.

Ambas as cerejas têm propriedades anti-inflamatórias surpreendentes devido a um flavonóide chamado antocianina (dá cor ao doce fruto), que pode ajudar a prevenir casos recorrentes de gota e dor muscular após o exercício. Pílulas e sucos de cerejas podem ser consumidos para aliviar os sintomas de osteoartrite (encontrado comumente em mulheres).

A cereja é considerada uma das frutas com maior teor de antioxidantes do mundo, com substâncias como luteína e beta-caroteno, que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, danos celulares causados por radicais livres, e diabetes tipo 2. Mas uma das substâncias que é exclusiva do fruto é a melatonina. Este hormônio tem efeitos antioxidantes, ajuda a manter um padrão de sono saudável e alivia dores de cabeça e insônia. As Cerejas ácidas têm níveis mais elevados de melatonina que as cerejas doces. Uma alternativa saudável é tomar regularmente pílulas de extrato de cereja para dormir.

Embora ambas as frutas tenham grandes quantidades de vitamina A e C, a ginja (ácida) prevalece nesta categoria. Vejamos: Cereja doce (Vitamina A: 21% RDA, Vitamina C : 11% ) / Cereja ginja ( Vitamina A: 43% , Vitamina C: 17%) . Ambas as cerejas também têm pequenas quantidades de minerais, como cálcio, cobre e ferro, e as diferenças são muito pequenas entre elas.

Nós recomendamos que você inclua esta fruta doce na sua alimentação; ela pode ser consumida de várias maneiras. Se você optar pelas cerejas frescas, mantenha na geladeira para aumentar sua vida útil. Existem diversas receitas que incluem esta fruta deliciosa; você pode consumi-las puras ou colocá-las em coquetéis de frutas, saladas de frutas, ou em outras sobremesas. O processo de cozimento não reduz seu conteúdo nutricional. Por favor, lembre-se que apesar de seus benefícios, as cerejas devem ser consumidas com moderação.

comments

Sobre o autor

DiabeTV Brasil

DiabeTV Brasil

Adiciona um comentário