Condimentos Controle do Peso Diabetes tipo 2 Medicina Alternativa NUTRIÇÃO SAÚDE

CANELA PARA O DIABETES?

canela da india diabeticos

A canela é uma das espécies mais antigas e mais populares na cultura oriental. Originária da Ásia, conquistou o Ocidente devido ao seu aroma, seu sabor e suas propriedades curativas e medicinais. No caso do diabetes, esses benefícios têm sido demonstrados em numerosos grupos de estudo, tanto em animais como em seres humanos e isso tem sido parte da crença popular. A Canela tem sido usada pela medicina natural e tradicional há muito tempo, e isso assegurou seu lugar especial na despensa das pessoas com diabetes tipo 2.

Esta afirmação se espalhou em torno da cultura popular, mas nos últimos anos a comunidade científica encontrou alguns pontos controversos. Esses estudos descobriram que, embora seja verdade que a canela tem propriedades para reduzir e regular os níveis de açúcar no sangue, pode ser ofuscada pela presença de outro ingrediente, que tem provado ser tóxico se for consumido em quantidades elevadas.

Diante dessa constatação controversa é necessário fazer a distinção entre os diferentes tipos de canela, que normalmente são consumidos por nós seres humanos. De um lado, temos a Canela Cássia ou da China, que é eficaz em doses de ¼ colher de chá para reduzir e regular os níveis de açúcar no sangue, mas, ao mesmo tempo, possui uma substância tóxica chamada Cumarina que em concentrações elevadas pode causar danos ao fígado. Em contrapartida há a Canela de Ceilão nativa do Sri Lanka, Índia, que não demonstrou a mesma eficácia da Canela Cássia, mas é muito mais segura, pois não contém a Cumarina.

Isso nos coloca em um muro e em uma situação que exige um pouco mais de informação sobre quando usar a canela como uma terapia alternativa para o diabetes ou mesmo em na cozinha no dia-a-dia. A primeira coisa a estabelecer é que as crianças com menos de 15 anos não devem ingerir Canela Cássia por essa possibilidade de toxidade. Devemos lembrar que a canela é amplamente utilizada na preparação de pratos doces e salgados e em determinadas épocas do ano aumenta seu consumo a nível mundial.

Em adultos, a dose suficiente e eficaz recomendada é de ¼ colher de chá de 3 a 4 vezes por semana. Eu gostaria de sugerir que o seu médico assistente faça testes de função hepática, pelo menos 2 vezes por ano para garantir que não haja danos.

Por outro lado, a Canela de Ceilão pode ser usada com segurança em quantidades ainda maiores que Cássia, sem qualquer risco de toxicidade e, portanto, pode ser uma boa opção para crianças ou adultos que tenham antecedentes de lesões hepáticas. Nós também podemos usar a Canela de Ceilão como um antioxidante e tirar proveito de outros benefícios em casos de doenças inflamatórias como artrite ou para regular os níveis de triglicérides no sangue. Neste último caso, uma pequena colher pode ser consumida diariamente sem riscos ou contraindicações.

comments

Sobre o autor

Dra. Montserrat Rodríguez

Dra. Montserrat Rodríguez

2 Comentários

Adiciona um comentário