Controle do Peso EXERCÍCIO SAÚDE

BENEFÍCIOS DO TREINAMENTO DE RESISTÊNCIA PARA O DIABETES

treino de resistencia para diabeticos
Beau Yotty
Escrito por Beau Yotty

O treinamento de resistência virou febre entre os entusiastas do fitness nos dias de hoje, inclusive entre os indivíduos com diabetes tipo 2. Os benefícios são incríveis e variam desde a construção do tônus ​​muscular e perda de peso até o controle de doenças crônicas e a busca por uma densidade óssea saudável. Antes de iniciar um treino, não se esqueça de falar com seu médico sobre quaisquer contraindicações que possam limitar algumas atividades específicas.

A definição básica de treinamento de resistência é todo o exercício que faz com que os músculos se contraiam contra uma resistência externa. Usar pesos livres, halteres, bandas de resistência (faixas grandes de borracha que podem variar de resistência) e seu próprio peso corporal são exemplos de treinamento de resistência.

As bandas de resistência consistem em um método popular e seguro deste tipo de  treinamento, utilizado por indivíduos em todos os níveis de experiência, desde os atletas de fim de semana aos atletas da elite do futebol, basquete, etc. Estas bandas trabalham conforme elas esticam, criando uma tensão constante sobre as fibras musculares, e são relativamente seguras para as articulações. Elas podem ser adaptadas a quase todos os treinos e são facilmente transportadas em viagens e férias, o que permite ao usuário manter a sua rotina de exercícios mesmo quando viaja.

Se halteres e pesos livres não são atraentes, o peso corporal é uma alternativa que é facilmente acessível. Veja algumas sugestões:

• Flexões e apoios exercitam todo o corpo. Eles trabalham o peito, tríceps, ombros, costas e abdômen.

• Agachamentos são conhecidos como os melhores exercícios para os músculos das pernas. Eles podem ser feitos com os braços para a frente do corpo ou com as mãos atrás das orelhas.

• Exercícios em barra fixa se concentram nos músculos traseiros, ombros e bíceps.

O Diabetesjournal.org recomenda que as pessoas com diabetes tipo 2 “devem ser incentivadas a praticar exercícios de resistência três vezes por semana, tendo como alvo todos os principais grupos musculares, e fazendo três séries de 8-10 repetições com um peso que não possa ser levantado mais de 8 a 10 vezes.”

Um dado negligenciado sobre os treinamentos de resistência é que eles também são extremamente eficazes na queima de gordura. Não existe uma pílula mágica ou shake secreto que possa “derreter” a gordura indesejada. O corpo precisa queimar as células de gordura através de exercícios e metabolismo do corpo. O treinamento de resistência irá queimar os quilos indesejados e, combinado com uma alimentação saudável, substituí-los por massa muscular magra.

“Um fato impressionante para destacar com treinamento de resistência, é que o gasto de energia de acordo com o volume total de exercícios realizados parece ser elevado, em comparação com outras formas de exercício, e, portanto, contribui grandemente para os objetivos da perda de peso.” De acordo com o artigo Treinamento de Resistência: adaptações e implicações para a saúde, por Len Kravitz, Ph.D.

O treinamento de resistência pode ser realizado em qualquer lugar, a qualquer momento. Não importa se você decide caminhar até a academia e levantar pesos, ou eleger uma área em sua casa para realizar os exercícios com seu próprio peso corporal, há muitas opções para você. Lembre-se de escolher os exercícios que sejam agradáveis e que você tenha vontade de executar. Divertir-se enquanto se exercita irá mantê-lo inspirado e motivado para seguir um estilo de vida saudável!

 

comments

Sobre o autor

Beau Yotty

Beau Yotty

Adiciona um comentário