Diabetes tipo 1 Diabetes tipo 2 Estilo de Vida SAÚDE

A MENOPAUSA PODE AFETAR O CONTROLE GLICÊMICO

controle da glicemia na menopausa
Dra. Sabrina Pozzobon

A menopausa é o momento em que as mulheres param de ter menstruações, em torno deste período ocorre uma etapa chamada Climatério, com duração de 10 anos, no qual ocorrem variações hormonais que caracterizam as mudanças deste período nas mulheres.

Alguns dos hormônios envolvidos são estrogênio e progesterona. Esses hormônios ou substâncias são responsáveis ​​pela preparação do útero para a gravidez e para mantê-la. No entanto, estes hormônios apresentam outros efeitos, o estrogênio aumenta a sensibilidade das células à insulina, tem um efeito “protetor” sobre as células pancreáticas e atua como estimulante na produção de insulina.

Por outro lado, a progesterona faz o oposto. Esta causa diminuição da sensibilidade, há uma redução dos receptores de insulina depois da ovulação e este é o momento em que este hormônio se encontra elevado. Quando há uma diminuição da sensibilidade à insulina, é necessário aumentar ainda mais a produção da mesma para processar a glicose.

As mudanças do climatério se iniciam em torno de 3-5 anos antes da última menstruação. Os ovários começam a diminuir sua resposta e sua capacidade de produzir a ovulação, resultando na transição da idade fértil para infértil e com ela, começam as mudanças hormonais em que diminuem os níveis de estrogênio e progesterona, afetando os níveis de glicose. Quando há menos progesterona, a sensibilidade à insulina pode aumentar e com isso ocorre um aumento dos níveis de glicose no sangue.

A resistência à insulina faz com que as células não absorvam a glicose circulante, aumentando os valores da glicemia, produzindo como consequência um descontrole do açúcar e complicações em longo prazo.

Então, o que devemos fazer se temos diabetes e menopausa?

A resposta é simples:

  • Você deve monitorar frequentemente a sua glicose e ser rigorosa com o cumprimento dos seus medicamentos. É possível que até então a glicemia estivesse sob controle e não fosse preciso manter um controle tão frequente, mas devido às mudanças hormonais que estão ocorrendo no seu corpo é necessário manter um monitoramento acirrado, assim como um registro dos sintomas e valores da glicose para mostrar ao seu médico em sua próxima consulta médica e avaliar se é preciso ajustar as doses de tratamento ou mudá-lo.
  • Você deve prestar atenção ao seu estilo de vida, esforçando-se para manter uma alimentação saudável, baixa em gorduras e carboidratos, controlando o estresse e praticando atividade física regularmente.

Conhecer os estágios que ocorrem em nosso corpo nos ajuda a entender melhor as mudanças e nos ajuda a combater ou controlar complicações futuras.

comments

Sobre o autor

Dra. Sabrina Pozzobon

Dra. Sabrina Pozzobon

Médico Cirurgião, poliglota e amante inata de cultura, aventura e natureza. Com sua experiência como médica clínica geral, tem lidado de forma consistente com pacientes diabéticos em diferentes áreas de sua carreira. Sabrina nos presenteia com novos tópicos sobre diabetes a partir de uma visão médica, humana e familiar, projetando sua paixão em cada um dos seus artigos.