Controle do Peso Diabetes tipo 1 Diabetes tipo 2 DICAS Estilo de Vida EXERCÍCIO Neurologia SAÚDE

DIABETES E EXERCÍCIOS: BENEFÍCIOS DA NATAÇÃO

beneficios da natacao para a saude
DiabeTV Brasil
Escrito por DiabeTV Brasil

O exercício aeróbico, em geral, tem sido associado à melhora da função cardiorrespiratória, ao controle dos níveis de glicose e de peso. Natação não é uma exceção, mas o que é particularmente benéfico sobre esta atividade, em oposição a outras formas de exercício aeróbico, é que é de baixo impacto e, ainda assim, continua sendo um treino para o corpo inteiro. Todos os seres humanos se beneficiam da prática de qualquer tipo de atividade física, mas isso é especialmente verdadeiro para aqueles com diabetes.

Como mencionado anteriormente, exercícios aeróbicos controlam os níveis de glicose, sendo assim, é particularmente importante para os indivíduos que necessitam de administração intensiva dos seus níveis de açúcar no sangue. Aqueles que sofrem com diabetes também são mais propensos a ter ou desenvolver danos nos nervos, o que pode ser evitado ou dificultado com a prática de várias formas de atividade física. A natação é benéfica a este respeito, porque alonga e relaxa o corpo, em vez de colocar estresse sobre as articulações. Isso também significa que serve como uma forma de exercício que é bem adequado para qualquer indivíduo, independentemente da sua idade ou condição física. Tal como acontece com outras formas de atividade aeróbica, a natação pode desempenhar um papel crucial no controle dos níveis de pressão arterial e colesterol, o que é muito importante para as pessoas com diabetes, além de ajudar no controle dos seus níveis de açúcar.

Natação não ajuda somente aqueles já diagnosticados com diabetes, mas também pode ajudar a impedir que esta condição se desenvolva. É sabido que a inatividade geral, o sedentarismo, é a principal causa de diabetes tipo II, e exercícios aeróbicos pode representar uma maneira de garantir que se mantenha um estilo de vida ativo e saudável. A natação fornece ótimos benefícios mentais, e tem sido demonstrado que na luta contra uma doença, uma atitude positiva pode fazer maravilhas para aliviar os sintomas. A endorfina lançada em nosso corpo durante exercícios rigorosos funciona como calmante natural da dor e do estresse. Esta incrível substância neuroquímica trabalha de forma semelhante às drogas como a morfina, mas sem o risco de dependência ou outros efeitos colaterais negativos. Levando-se isso em consideração, seria sensato para aqueles com diabetes não só lembrarem-se dos benefícios físicos do exercício aeróbico, mas também dos benefícios mentais. Tem-se percebido que as pessoas com diabetes têm uma maior probabilidade de cair em depressão, e a atividade física regular pode funcionar como um meio de combater ou impedir a sua ocorrência.

Natação é uma forma acessível de atividade física que pode ser realizada em diversos lugares. Para aqueles de nós que não temos a sorte de ter uma piscina no nosso quintal, centros de lazer, academias, clubes, escolas e outros locais, muitas vezes têm áreas para nadar a preços razoáveis. A natação também pode servir como uma atividade social, se você decidir se inscrever para aulas em grupo em algum desses locais. Praticar atividade física com outras pessoas, não só nos dá um incentivo, mas também nos proporciona uma interação humana que é de extrema importância para nosso bem-estar mental.

Indivíduos com diabetes devem ter algumas coisas em mente antes de iniciar qualquer forma de exercício aeróbio. Para começar, é sempre importante consultar seu médico antes de se envolver em uma nova atividade física. Em particular no caso da natação, as pessoas com diabetes devem se preocupar em praticar o exercício em uma piscina supervisionada para o caso de uma emergência. É importante conversar previamente com o salva-vidas a respeito de sua condição. Além disso, portadores de diabetes devem sempre carregar consigo um lanche para os momentos em que seus níveis de açúcar estejam muito baixos.

Outras recomendações incluem:

1. Nunca nade sozinho. No caso de hipoglicemia ou fadiga uma ajuda pode ser necessária.

2. Use uma pulseira ou alguma forma de identificação, informando que você tem diabetes.

3. Se você estiver usando bomba de insulina, você deve consultar o seu médico antes de iniciar um programa de natação.

4. Monitore seu nível de açúcar no sangue antes e após o exercício.

5. Não ande descalço ao redor da piscina. Evite lesões e tenha o hábito de examinar seus pés após o treino de natação.

6. Tome um banho imediatamente após da natação. Sua pele é mais sensível a produtos químicos utilizados para manter a qualidade da água da piscina. Após o banho, use um bom hidratante em todo seu corpo.

7. Não nade se você tiver alguma ferida aberta.

Como você pode ver, a natação é uma excelente opção a considerar quando se procura maneiras de se tornar mais ativo.

comments

Sobre o autor

DiabeTV Brasil

DiabeTV Brasil

Adiciona um comentário